Auto Da Criação Do Mundo - FIMFA Lx21

Teatro Taborda, Lisboa.

Auto Da Criação Do Mundo - FIMFA Lx21

Este evento é somente para maiores de 6 anos. Nenhum reembolso será concedido para menores de 6 anos.

Tipo de bilhetes Preço (valor facial)? Quantidade
AUTO DA CRIAÇãO DO MUNDO - FIMFA LX21 €8,56 (€8,00) bilhetes indisponíveis
Teatro Taborda

Quando disponibilizamos um mapa com os lugares para os eventos, fazemos de tudo para que as informações estejam corretas. No entanto, não podemos garantir a exatidão dos mesmos caso existam alterações recentes às salas ou devido a questões técnicas de produção do evento. Os mapas disponibilizados são apenas um guia de apresentação e podem não corresponder à representação exata do layout da sala.

Mais informações sobre Auto Da Criação Do Mundo - FIMFA Lx21

FIMFA Lx21

Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas

Pela quinta vez no FIMFA, Senhoras e Senhores, os Bonecos de Santo Aleixo! Únicos no mundo, ingénuos, puros, malandros e irreverentes... ninguém do público estará a salvo das suas piadas!

Estes títeres tradicionais do Alentejo parecem ter tido a sua origem na aldeia que lhes deu o nome. São marionetas de varão, manipuladas a partir de cima, à semelhança das grandes marionetas do Sul de Itália e do Norte da Europa, mas diminutas, entre 20 e 40 centímetros, feitas de madeira e cortiça, vestidas com um guarda-roupa que permite, como no teatro naturalista, identificar as personagens da fábula contada. O essencial dos meios utilizados é composto por um lugar de representação chamado “retábulo”, construído em madeira e tecido florido, reproduzindo um palco tradicional em miniatura, com pano de boca, cenários pintados e iluminado com candeias de azeite. Possui uma rede dupla de cordéis, colocada verticalmente entre os Bonecos e o público. Os manipuladores estão ocultos por panos de chita. A música, guitarra portuguesa e cantigas, é interpretada ao vivo e os textos, transmitidos oralmente, resultam de uma fusão entre a cultura popular e uma escrita erudita. O repertório consiste em peças de tradição secular, de teor basicamente religioso, para além de outras, cujos textos pertencem, em geral, à chamada literatura de cordel. A representação inicia-se sempre com o Baile dos Anjinhos ou Contradança. As figuras carismáticas são o Padre Chancas e o Mestre Salas, que, por tradição, tem uma moca, com a qual castiga ou abraça o Padre, enquanto este prega.


Ficha Técnica e Artística:

Atores-manipuladores Ana Meira, Gil Salgueiro Nave, Isabel Bilou, José Russo e Vítor Zambujo

Acompanhamento Musical Gil Salgueiro Nave

Fotografia Paulo Nuno Silva

 

Este projeto está incluído na programação do Festival FIMFA Lx21

Acolhimento Teatro da Garagem

Financiamento Direção-Geral das Artes, Governo de Portugal | Ministério da Cultura

Apoios Câmara Municipal de Lisboa, EGEAC, Junta de Freguesia de Santa Maria Maior

 

Mais informações:

218 854 190 | 924 213 570

producao@teatrodagaragem.com