Evanescence

Altice Arena, Lisboa, PT.

Evanescence

Este evento é somente para maiores de 6 anos. Nenhum reembolso será concedido para menores de 6 anos.

Tipo de bilhetes Preço (valor facial)? Quantidade
PLATEIA €42,80 (€40,00)

Mais informações sobre Evanescence

Os EVANESCENCE anunciaram o reagendamento da digressão «The Bitter Truth», que junta à apresentação do novo álbum de originais, homónimo, a celebração de 25 anos de uma carreira repleta de êxitos. Devido à pandemia de Covid-19 ainda em curso, Portugal recebe agora os EVANESCENCE a 18 de Abril de 2022, na Altice Arena.

A vocalista Amy Lee partilhou com os fãs a sua frustração provocada por este adiamento, mas deixa palavras de alento e esperança:

Bem… malta, temos que adiar a digressão, mais uma vez. É horrível termos que prolongar a espera, mas estamos absolutamente determinados a realizá-la, por isso, por favor vejam as novas datas. Contaremos os dias até podermos, finalmente, celebrar todas as novas músicas juntas. Até lá, tratem de ficar seguros, mantenham a sanidade mental e continuem o head banging ao som de The Bitter Truth! Não terão desculpa para não saberem todas as palavras na próxima primavera! Amamos-vos!“

Duas vezes vencedores de prémios GRAMMY, os EVANESCENCE cedo causaram um grande impacto em todo mundo. O álbum de estreia, «Fallen» editado em 2003, esteve 43 semanas no Top 10 da Billboard e vendeu mais de 17 milhões de cópias, transformando rapidamente os EVANESCENCE num dos nomes pós-alternativos mais populares dos 2000 com o seu som único, um híbrido singular de rock gótico e pop. Ao longo dos anos, «Fallen» foi sete vezes platina e é um de apenas oito álbuns em toda a história da Billboard a ficar pelo menos um ano no Top 50. Apesar do sucesso precoce, os EVANESCENCE conseguiram manter-se sempre no topo. Tendo ao leme, desde o primeiro momento, a cantora e pianista Amy Lee, os músicos atingiram os píncaros do sucesso, cimentado por mais dois discos líderes nas tabelas de vendas, «The Open Door» e «Evanescence», de 2006 e 2011, respetivamente. Hoje, já com um quarto de século de carreira e mesmo com inúmeras mudanças na formação, perseveram sob o comando de Lee, metamorfoseando-se num dos raros casos de sucesso da música contemporânea.

PROMOTOR: PRIME ARTISTS